sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Hey Ho Let's Go - Everett True


          Título Original: Hey Ho Let's Go: The Story of the Ramones
Autor: Everett True
Tradução: Neuza Paranhos
Madras Editora Ltda
Publicado em 2011
480 páginas

Bem, sempre gostei das músicas, mas nunca procurei saber a fundo a história desta banda, embora eu tenha camisa original, que é meu xodó. Mas voltando ao livro, o encontrei nas minhas andanças pela Livraria Saraiva, eu estava procurando uma nova biografia para ler, e encontrei a dos Ramones, não resisti e comprei.

O livro é um pouco maçante, o autor vai e volta muito na história deles, mas é muito bom, tem muitos detalhes que não dava nem para imaginar. Eu ri, eu chorei e até fiquei com raiva. É um livro de um fã para outros fãs.

No livro mostra o quanto os Ramones eram profissionais, embora não fossem reconhecidos pela mídia. Eram caras que viviam pela banda, e se tornaram uma grande família, mesmo tendo seus problemas, que família não tem problemas?! Um ótimo livro. Recomendo a qualquer fã e não fã dos Ramones. 

Algumas citações que eu gostei do livro:

"O carpinteiro tem seu martelo, o músico tem a guitarra. O carpinteiro não leva o martelo pra casa. Ele não vai trabalhar em casa, lugar de relaxar. Então, eu não tenho uma guitarra em casa. Este é meu emprego. Eu levo meus instrumentos pro trabalho e eles ficam lá" - Johnny Ramone
"Joey dizia que as três coisas favoritas da vida pra ele eram cagar, fazer sexo e estar no palco com os Ramones"

A morte de Joey foi a parte mais triste do livro, não tem como não se apaixonar por ele, ele parece ser um cara fora de sério, e confesso que tentei esconder as lágrimas, mas não deu, chorei mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário